GIP4 SETEMBRO 2021

A abordagem mais utilizada em projetos; o Modelo SHARP para avaliar habilidades pessoais; Como parar de fazer o micro gerenciamento; e os 7 Segredos das Equipes Virtuais de Alta Performance, são temas da edição de setembro da revista GIP4.

Você também pode ler a revista em PDF REVISTA GIP4 - Ed. setembro 2021


Qual a abordagem mais utilizada em projetos: adaptativa (ágil), preditiva (em cascata) ou híbrida?

No entender de Carlos Magno Xavier, diretor da Beware, um projeto com abordagem híbrida requer que tenhamos uma ou mais entregas (produtos e serviços) sendo desenvolvidas com escopo preditivo (por exemplo, um treinamento que será feito para os colaboradores, cujo escopo será definido antes do seu início) e uma ou mais entregas sendo desenvolvidas com escopo adaptativo (por exemplo, o desenvolvimento de um aplicativo ou a implementação de uma campanha de marketing), tendo, portanto, a utilização de frameworks ágeis e tradicionais no mesmo projeto.

Ele acha surpreendente ver pesquisas como a “The 2021 Project Management Report” (https://lnkd.in/eZkqDcDz) que sugere que 60% dos gerentes de projetos estão usando abordagens híbridas, tornando-se a forma dominante de entrega. Isso não combina com o que ele tem visto em clientes e em conversas com seus alunos. Três em cada cinco gerentes estão realmente usando abordagens híbridas em projetos?

Compare isso com o “Pulse of Professional do PMI® de 2021”. O relatório completo está  em https://lnkd.in/e6CDur2i), onde mostra que apenas 21% dos projetos foram entregues usando métodos híbridos — atrás dos ágeis em 25%, e ficando muito atrás do waterfall em 52%. Não podemos fazer uma comparação exata entre essas duas pesquisas (uma olhou para os gerentes de projetos e a outra para projetos), mas isso ainda é uma grande diferença.

E você, está usando uma abordagem híbrida na maioria dos seus projetos?


SHARP: um modelo amplo para avaliar habilidades pessoais

“O crescimento de nossa alma humana não pode ser interrompido. Muito pelo contrário, apesar de nossos altos e baixos, estamos em uma evolução contínua.”

O artigo do professor Helio Costa,  1º Developer | Fleks Hybrid Model, sugere a utilização do modelo chamado SHARP (Spiral Human Assessment Reflecting Plotter) para avaliar habilidades (hard e soft skills), para mapear os pontos fortes e apontar os que precisam ser melhorados. O modelo é baseado em quatro dimensões: individual, equipe, organização e sociedade.

Clique no link para saber mais.


Como parar de fazer o micro gerenciamento? 3 técnicas que todo gestor pode se beneficiar

Os gestores de hoje devem ser capazes de cumprir muitos papéis. Se você é um microgerente, você provavelmente tem dificuldades em delegar tarefas efetivamente. E deve ter percebido que forçar regras rígidas em sua equipe o tempo todo pode ter um preço muito alto. A micro gestão é um mau hábito que pode ser substituído ao longo do tempo com as habilidades e estrutura certas, além do uso correto da abordagem mais utilizada em projetos. Carlos Magno Xavier fez um artigo que aborda sobre 3 técnicas que todo gestor pode se beneficiar ao parar de fazer o micro gerenciamento. 

Clique no link para ler o artigo.


Os 7 segredos das equipes virtuais de alta performance. 

Equipes virtuais trabalhando em projetos são, mais do que nunca, uma necessidade. Você pode transformar a sua carreira e a sua organização aprendendo os Sete Segredos das Equipes Virtuais de Alta Performance. 

Neste artigo, Mario H Trentim* explica por que transformar sua equipe em um time virtual de alta performance. O maior benefício está no alinhamento da tecnologia com a experiência dos stakeholders, além da adoção da abordagem mais utilizada em projetos. Leia mais aqui

*Mario H Trentim é Diretor de Governança & Performance, Gestão de Projetos com Foco em Resultados | Microsoft MVP Regional Director | PMO Global Alliance


O 15º Relatório do Status do Ágil

Desde o primeiro relatório, há 15 anos, temos visto um aumento constante no número de organizações que adotam práticas e processos ágeis, tanto dentro do Desenvolvimento quanto dentro de grupos não-TI, incluindo Finanças, Recursos Humanos e Marketing.

Segundo o 15º Relatório do Status do Ágil (15th State of Agile Report) divulgado pela Digital.ai, a adoção ágil teve um crescimento significativo neste ano, e vê um aumento explosivo na adoção do ágil em todas as funções da empresa. Separamos algumas informações extraídas do relatório e as trouxemos para uma reflexão.

Clique no link para ler o artigo.


#DicadeExpert Curso “Conectando Projetos de Capital,  Megaprojetos, VIPs, AWP, LPS e Metodologia FEL"

Você tem interesse em aprender mais sobre Megaprojetos , Metodologia FEL, Projetos De Capital , VIPS - Práticas Agregadoras De Valor , Advanced Work Packing e Last Planner System? O Prof. Guilherme Pereira Lima* lançou o curso: "Conectando Projetos de Capital,  Megaprojetos, VIPs, AWP, LPS e Metodologia FEL" na plataforma UDEMY, que reúne todos os assuntos em um curso inovador, explicando todas essas práticas de forma clara, mostrando as sinergias e combinações entre esses tópicos.

São mais de 7 horas de aulas divididas em 49 lições com duração entre 7 e 11 minutos, cada. Trata-se de um curso único no mundo lusófono e que pode beneficiar a sua carreira e de outros profissionais de projetos de toda a comunidade que fala o Português.

Aproveite o lançamento com o cupom "MEGAPROJETOS20", e garanta 20% de desconto nos próximos 15 dias!

É só clicar no link: https://www.udemy.com/course/projetos-de-capital-megaprojetos-vips-awp-lps-e-fel/?couponCode=MEGAPROJETOS20 

*Guilherme Pereira Lima é Professor, Speaker, Writer and Consultant in Project and Knowledge Management.


Livro do Mês: Gerenciamento de Projetos de Inovação, Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) – Basic Methodware®

Indicado para profissionais que gerenciam ou que participam de equipes de desenvolvimento de projetos inovadores necessitam identificar, alocar, integrar e gerenciar recursos organizacionais, que querem conhecer práticas que possibilitem focar todo o gerenciamento de um projeto sob a ótica da inovação, aliando essas ações às melhores práticas preconizadas pelo PMI – Project Management Institute.

Este livro faz parte da série “Gerenciamento de Projetos sem Complicação”, que se propõe a mostrar que este tema pode ser abordado de forma objetiva, prática e simplificada. O objetivo é prover as técnicas necessárias para que um projeto de Inovação, Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) de Produtos seja gerenciado com sucesso. Adquira seu exemplar pelo link.

 


Academia Beware

Capacitação profissional na área de gerenciamento de processos, projetos, portfólio e programa. 

WEBINARS E CURSOS ON-LINE

Preencha as lacunas entre o planejamento e a execução e maximizando resultados através do uso inteligente dos recursos disponíveis. Conheça nossos cursos.

CURSOSCARGA HORÁRIAPROFESSORLOCALDATA
Curso de Gerenciamento de Riscos utilizando Simulação de Monte Carlo16hLuiz Fernando XavierOnline (Brasil)06 e 07 de março de 2024
Curso de Gerenciamento de Projetos de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento

16hCarlos Magno XavierOnline (Brasil)11,12,14 e 15 de março de 2024
Curso de Gerenciamento de Projetos de Comunicação e Marketing18hAna Luiza Xavier
Carlos Magno Xavier
Online (Brasil)11, 12, 14, 15, 20 e 21 de março de 2024
Workshop de Elaboração da EAP6hCarlos Magno XavierOnline (Brasil)8, 9 e 10 de abril de 2024
Workshop de Gestão de Portfólio e Programas8hCarlos Magno XavierOnline (Brasil)15 de abril de 2024

Workshop on-line de Project Canvas 6hCarlos Magno XavierOnline (Brasil)23, 24 e 25 de abril de 2024
Curso de Gerenciamento de Riscos utilizando Simulação de Monte Carlo16hLuiz Fernando XavierNiterói (RJ)24 e 25 de abril de 2024
Agilidade em outros projetos que não de software6hCarlos Magno XavierOnline (Brasil)29 e 30 de abril de 2024

Para mais informações, envie-nos uma mensagem para o e-mail relacionamento@beware.com.br ou WhatsApp (21) 98111- 4555. 

Solicite uma proposta de consultoria para o seu projeto.

× Como podemos ajudar?