O Escritório de Suporte aos Projetos (ESP)

5 de Fevereiro de 2019

Autoria: Carlos Magno Xavier (Doutor, PMP)

Em meu e-book “Como Implantar um Escritório de Gerenciamento de Projetos (PMO)?”, eu cito duas estatísticas preocupantes: 60% dos profissionais seniores de projetos questionam o valor do PMO; e 50% do PMOs falham em sua primeira implementação 다운로드.

É fundamental entender esse setor da organização como um prestador de serviços, sendo importante que ele agregue valor para o negócio e não seja tratado somente como um instrumento de relato de desempenho (“dedo duro”) dos projetos 간츠 만화책. A visão deve ser mais de um facilitador do que de um auditor, de forma a não criar uma rejeição ao seu trabalho.

Por isto que, apesar da sigla PMO ser a mais conhecida no mercado, a minha sugestão é que passemos a chamá-lo de Escritório de Suporte aos Projetos (ESP) ou Project Support Office (PSO) 다운로드.

 

O Project Support Office (PSO) é um setor organizacional que oferece suporte aos serviços de gerenciamento de projetos 팀뷰어 13버전 다운로드. As responsabilidades do Project Support Office (PSO) podem variar. Nem todas as organizações precisam ter um PSO.

No e-book citado acima eu listei os 27 serviços mais prestados, identificados em uma pesquisa com 500 PMOs no mundo 맥프로그램. No artigo "Serviços executados pelo PMO no Brasil" eu consolido e comento os resultados de uma pesquisa que fiz com o objetivo de mapear os serviços que são executados pelos PMOs no Brasil, procurando saber também o nível de satisfação com a qualidade desses serviços.

De uma maneira geral, um PSO pode:

  • oferecer apoio administrativo, assistência e treinamento para gerentes de projeto (PMs) e outros funcionários.
  • coletar, analisar e relatar informações sobre o andamento dos projetos.
  • auxiliar no uso de um sistema de informação de gerenciamento de projetos (PMIS), programação de projetos, planejamento e coordenação de recursos.
  • manter um repositório de projeto central (de documentos do projeto, riscos, lições aprendidas etc.).
  • coordenar as atividades de gerenciamento de configuração e garantia da qualidade.
  • monitorar a aderência às diretrizes metodológicas e outras normas organizacionais.
  • adaptar a metodologia de gerenciamento de projetos às novas práticas recomendadas e ajudar as equipes de projeto a implementá-la efetivamente em seus projetos.

Caso queira trocar ideias acerca deste tema, envie e-mail para magno@beware.com.br.

Carlos Magno da Silva Xavier (Doutor, PMP)

Sobre o autor:

Carlos Magno da Silva Xavier (Doutor, PMP)

Diretor da Beware - magno@beware.com.br

 Eleito, em 2010, uma das cinco personalidades brasileiras da década na área de gerenciamento de projetos, é Capitão-de-Mar-e-Guerra da reserva da Marinha. É autor/coautor de 18 livros, Doutor em Administração pela Universidad Nacional de Rosário (título revalidado pela UFRJ), Mestre pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e certificado Project Management Professional (PMP) pelo Project Management Institute (PMI). É sócio-diretor da Beware Consultoria e Treinamento e professor do MBA em Projetos da Fundação Getúlio Vargas, Fundação Dom Cabral e UFRJ. Sua experiência profissional, de mais de 20 anos em gestão de projetos, programas e portfólio, inclui a consultoria em várias organizações, como TIM, Marinha do Brasil, BR Distribuidora, Petrobras, Halliburton, SESC-Rio, Eletronuclear, Eletropaulo, Odebrecht, Shopping Iguatemi entre outras.