Os Riscos das Premissas Cognitivas em Projetos

6 de Janeiro de 2020


Os Riscos das Premissas Cognitivas em Projetos

Autoria: Carlos MAGNO da Silva Xavier (Doutor, PMP) - Diretor da Beware.

Ashley Bishel, na revista PM Network de novembro de 2019, alerta que os maiores riscos que ameaçam o sucesso de um projeto não estão no ambiente externo, mas, sim, na mentalidade dos stakeholders (pessoas envolvidas), em razão das premissas cognitivas, que são:

1. Viés de confirmação: é quando os profissionais de projeto subconscientemente priorizam as lições aprendidas nas quais o projeto correu bem ou já de cara desculpam as iniciativas fracassada. Para vencer esse problema, procure por amplos pontos de comparação ao vasculhar o banco de dados das lições aprendidas, e não semelhanças específicas.

2. Pensamento em grupo: é quando uma pessoa muito expressiva ou autoritária expressa sua opinião, outras pessoas da equipe podem ter mais dificuldade em questionar aspectos ou pontos problemáticos do plano do projeto. Para vencer esse problema, ao reunir a equipe, defina expectativas de que a voz de todos agregue valor e incentive os membros da equipe a expressar e apontar toda e qualquer consideração sobre problemas em potencial.

3. Viés de sucesso: é quando os gerentes de projeto sentem tanta pressão de cima para entregar o projeto no escopo, no orçamento e no cronograma, que não têm tempo para considerar cuidadosamente se o termo de abertura do projeto está alinhado à estratégia organizacional ou se há recursos suficientes para se concentrar com sucesso na restrição tripla. Para vencer esse problema, ao receber a incumbência de gerenciar um projeto, principalmente quando não foi você quem fez a proposta / planejamento, faça uma análise criteriosa dos riscos envolvidos e da possibilidade de alcançar os resultados esperados com os recursos previstos para o projeto.

4. Viés de atribuição: é quando, em vez de reconhecer armadilhas e contratempos em iniciativas passadas como riscos potenciais para o projeto em questão, as pessoas assumem que esse empreendimento é de alguma forma especial ou diferente o suficiente para reduzir esses riscos. Para vencer esse problema, apresente vários exemplos de problemas anteriores, em vez de apenas um.

Sobre o autor:

Carlos Magno da Silva Xavier ( Doutor, PMP)

Diretor da Beware - magno@beware.com.br

Carlos Magno da Silva Xavier foi eleito, em 2010, uma das cinco personalidades brasileiras da década na área de gerenciamento de projetos. É Doutor pela Universidad Nacional de Rosário (Argentina) e Mestre pelo Instituto Militar de Engenharia (IME). Sócio-Diretor do Grupo Beware, sua experiência profissional, de mais de vinte e cinco anos, inclui a consultoria na sistematização do gerenciamento de processos, projetos, programas e portfólio em várias Organizações (TIM, Eletronuclear, BR Distribuidora, Eletropaulo, Marinha do Brasil, Iguatemi, Emgepron, SESC-Rio, Petrobras e outras).

Magno é também autor/coautor de dezoito (18) livros, dentre eles “Metodologia de Gerenciamento de Projetos – Methodware” – eleito em 2010 o melhor livro brasileiro da década na área de gerenciamento de projetos. É certificado “Project Management Professional” (PMP) pelo Project Management Institute (PMI) e professor de MBAs da Fundação Getúlio Vargas, Fundação Dom Cabral e UFRJ.

[/mp_span] [/mp_row]

 

× Como podemos ajudar?