Como funciona o PMO (EGP) do ano de 2019 escolhido pelo PMI

21 de Janeiro de 2020


Como funciona o PMO (EGP) do ano de 2019 escolhido pelo PMI?

Autoria: Carlos MAGNO da Silva Xavier (Doutor, PMP) - Diretor da Beware.

 

O PMO do ano de 2019, eleito pelo PMI, foi o do Federal National Mortgage Association — ou Fannie Mae — dos EUA, organização patrocinada pelo governo, uma das principais fontes de financiamento para entidades de empréstimo imobiliário do país, proporcionando crédito acessível para compradores em to.do o país.

O EGP foi estabelecido em 2011. Em 2012, os líderes da organização elevaram o status a um escritório de gerenciamento de projetos empresarial (EGPE).

 

O EGPE adota uma abordagem abrangente para apoiar a transição ao ágil. Estratégias de treinamento, recrutamento e desenvolvimento de carreira ajudam os gerentes de projeto a criar e manter habilidades críticas. O EGPE também fornece regularmente treinamento externo de atualização e apresentações para “garantir que os gerentes de projetos em toda a organização tenham habilidades e conhecimentos sobre as melhores práticas do setor.

O PMO é dividido em quatro equipes:

  1. Integração de portfólio: Estabelece parceria com equipes de iniciativas estratégicas para identificar, analisar e governar interações e interdependências complexas em todo o portfólio.
  2. Serviços empresariais: Analisa e relata dependências entre iniciativas, riscos e problemas que dão suporte ao planejamento e à colaboração.
  3. Centro de excelência em gerenciamento de projetos: Promove as melhores práticas de gerenciamento de programas e projetos, incluindo padrões, ferramentas, diretrizes e treinamento.
  4. Serviços de execução de programa: Fornece gerenciamento de entrega de mudanças para as principais iniciativas.

Como está subordinado à diretoria, o EGPE ajuda a garantir que os projetos estejam alinhados estrategicamente e que sejam feitos investimentos nas áreas certas, da maneira mais eficiente possível. Uma maneira de conseguir isso é fornecer uma fonte centralizada de dados em tempo real que executivos e líderes de projetos podem usar para tomar decisões rápidas e informadas.

Fonte: PM Network DEZ 2019 pg 18

 

 

Sobre o autor:

Carlos Magno da Silva Xavier ( Doutor, PMP)

Diretor da Beware - magno@beware.com.br

Carlos Magno da Silva Xavier foi eleito, em 2010, uma das cinco personalidades brasileiras da década na área de gerenciamento de projetos. É Doutor pela Universidad Nacional de Rosário (Argentina) e Mestre pelo Instituto Militar de Engenharia (IME). Sócio-Diretor do Grupo Beware, sua experiência profissional, de mais de vinte e cinco anos, inclui a consultoria na sistematização do gerenciamento de processos, projetos, programas e portfólio em várias Organizações (TIM, Eletronuclear, BR Distribuidora, Eletropaulo, Marinha do Brasil, Iguatemi, Emgepron, SESC-Rio, Petrobras e outras).

Magno é também autor/coautor de dezoito (18) livros, dentre eles “Metodologia de Gerenciamento de Projetos – Methodware” – eleito em 2010 o melhor livro brasileiro da década na área de gerenciamento de projetos. É certificado “Project Management Professional” (PMP) pelo Project Management Institute (PMI) e professor de MBAs da Fundação Getúlio Vargas, Fundação Dom Cabral e UFRJ.

[/mp_span] [/mp_row]

 

× Como podemos ajudar?