Ao invés de inventar a roda, vamos fazer o básico?

27 de Abril de 2015

Fonte: PM Network - abril 2015

As organizações de alto desempenho em gerenciamento de projetos alcançam as suas metas de projeto 2,5 vezes mais rápido do que seus pares de baixo desempenho. E o desperdício de recursos é 13 vezes menor do que nas empresas de baixo desempenho.

Alterar a cultura de uma organização soa assustador, mas o relatório de Pulse de 2015 sugere que, em lugar de reinventar a roda, as organizações deveriam voltar para o básico. Por exemplo, as práticas que diferenciam as empresas de alto/baixo desempenho são:

■ Patrocinadores executivos ativamente envolvidos (81% vs 45%)

■ Alinhamento elevado de projetos e programas com a estratégia da organização (57% vs 29%)

■ Práticas padronizadas de gerenciamento de projetos utilizadas em toda a organização (51% vs 14%)

image002